QUEM SOMOS

Talvez algum dia em sua comunidade, na internet, ou em algum livro, revista, CD ou DVD você já tenha ouvido falar no nome ou na marca Paulinas. Poucos, porém, sabem que por trás desse nome está uma congregação religiosa de mulheres consagradas para o anúncio do Evangelho com os meios de comunicação.

Vamos começar pelo nosso nome. Somos conhecidas como Irmãs Paulinas, mas nosso nome é Filhas de São Paulo. Com este nome trazemos a herança do grande apóstolo e missionário São Paulo, mas a nossa história começa muitos séculos depois que ele viveu e tornou-se um grande apóstolo de Jesus. Nossa história teve início há mais de cem anos, na cidade de Alba, na Itália, quando um jovem seminarista chamado Tiago Alberione, na passagem do século XIX para o século XX, sentiu o apelo de Deus para preparar-se e fazer algo pelas pessoas do novo século com as quais viveria.

Atento às necessidades da Igreja e da sociedade do início do século XX, com o desejo de corresponder aos apelos de Deus, em 1907 é ordenado sacerdote. Em 1914, após longos anos de discernimento, iniciou o projeto de dar à Igreja um novo modo de anunciar Jesus Cristo com os novos meios de comunicação. Em 20 de agosto de 1914 inicia a Família Paulina com a fundação da congregação dos Padres e irmãos Paulinos. No dia 15 de junho de 1915, inicia a congregação das Filhas de São Paulo, que hoje são mais conhecidas como Irmãs Paulinas. Contou com a colaboração fiel de uma jovem costureira, Teresa Merlo, que acreditou no projeto de uma nova congregação com a missão de levar a todos a Palavra de Jesus, usando os modernos meios de comunicação. Teresa, que depois recebeu o nome de Tecla, e outras jovens corajosas ousaram dizer sim a esse audacioso projeto que, aos poucos, foi crescendo e se expandindo.