Convivência Vocacional em Recife-PE

Dos dias 11 a 13 de novembro de 2016, a Comunidade das Irmãs Paulinas de Recife acolheu 10 jovens para mais uma Convivência Vocacional.
O tema do encontro foi “Avance para águas mais profundas” (Lc 5,4). Motivadas por este tema, as jovens foram convidadas a olharem para suas vidas, percebendo o convite que Jesus faz para dar um novo passo na caminhada vocacional.
Durante a Convivência Vocacional as jovens tiveram a possibilidade de refletirem juntas sobre a importância de tomar decisões na fase da juventude; sobre as Luzes na vida de Pe. Tiago Albeirone, fundador da Família Paulina, e as luzes de Deus na vida de cada uma delas.
Ainda destacamos os fortes momentos de oração, partilha, dinâmicas de grupo e convivência.
Segue a baixo testemujcapela.conv
Seguem abaixo, alguns testemunhos das jovens que partilham conosco o que significou ter participado deste Encontro Vocacional:
Nesta última convivência do ano, tive muitas alegrias, emoções, dúvidas e certezas e tudo isso foi um ensinamento. A frase luz que Deus me deu foi ” O amor acredita em mim” e se ele acredita em mim eu vou sempre dizer sim.” (Palloma Cézar)

O acompanhamento vocacional é uma renovação espiritual, onde além de termos a oportunidade de conhecer melhor sobre as missões das Paulinas, ainda temos a experiência de nos conhecermos melhor, e ter esse contato mais profundo do que Deus planeja para nossas vidas, é uma experiência que precisa ser vivida para se entender o quão maravilhoso é, é uma purificação na alma e na mente, que as irmãs fazem por intermédio de Deus. Recomendo para todas as jovens que ainda não fizeram, pois é revigorante”. (Ariely Freire)

“Luz”. Foi a grande palavra que definiu esse encontro. Ele foi de grande valia pra mim, para descobrir a minha verdadeira vocação. Estar com as irmãs, partilhar com elas o dia-a-dia foi bastante importante. Então, desejo muito que aconteçam outros encontros parecidos e que mais jovens possa experimentar esse amor de Deus para conosco. (Thainá Karolina)

 Nessa convivência eu pude vê a importância das luzes em minha vida e senti que não é para ter medo do que o Mestre planejou para mim. (Thamara Silva)